segunda-feira, 26 de julho de 2010

Álibi

Pensei em escrever
- Veio você

Pensei em não pensar
- Tive de lembrar

Então parei e senti
Seus olhos, Rafael:

Olhos do perdão antes do pecado
da bondade sem a recompensa
da tranquilidade na discórdia
olhos que iluminam a quem penetram.

Presente de "alguém" para mim,
álibi do inferno para nós.

Um comentário:

  1. Nota: "nós" eu + painho e todos que ele ilumina/iluminou pelo mundo.

    ResponderExcluir